Notícias

Dr. Felipe Thomé
26/02/2021

Compartilhe:
Especial Saúde

Para obter melhor desempenho na condução dos tratamentos, o oncologista Felipe Thomé acredita que sejam indispensáveis a humanização do profissional e a confiança do paciente.

Conforme explica o médico Felipe Thomé, oncologista há sete anos, o vínculo entre as duas partes se torna tão grande e determinante, que ele próprio faz questão de conhecer a vida e a essência de cada um de seus pacientes, podendo assim, respeitar seus anseios, valores, medos e até mesmo frustrações.
No tratamento do câncer, o acolhimento do paciente e de seus familiares é uma atitude essencial. Enxerga-se o indivíduo em suas particularidades, promovendo o melhor tratamento para cada pessoa.

Veja a edição online a qualquer momento em https://abre.ai/campoecidadedigital

Na oncologia humanizada a ênfase está no paciente, e não apenas na doença, transformando essa jornada em algo mais leve.
O paciente precisa sentir que não está sozinho e que o seu médico estará com ele, de mãos dadas, para dar o próximo passo na caminhada. “Acredito que meu maior dom é ser capaz de conduzir tudo na vida com sensibilidade, inclusive no cuidado com meus pacientes, sem criar barreiras ou estigmas, dando a liberdade para juntos criarmos afinidades, que darão melhores resultados ao longo de nossa convivência”- explica.

O médico Felipe Thomé construiu uma jornada muito bonita, preservando a autenticidade de ser filho de professores, seu José Nestor e dona Asta. Ele afirma que sua origem e criação foram pautadas principalmente no valor à educação e humildade. “Recebi como herança dos meus pais o estudo, prioridade deles para minha irmã e eu, além de valores como simplicidade, honestidade, a importância da família, entre outras coisas que procuro colocar em prática na minha vida e que me fazem grato e eternamente apaixonado por eles”, afirma.

Em 1998, ele saiu de Santa Rosa, sua cidade natal, para estudar em Passo Fundo. No ano 2000, entrou para a faculdade de Medicina, na Universidade de Passo Fundo e concluiu a formação em 2005. Quatro anos mais tarde, deu início a sua especialização em clínica médica, pelo Hospital São Vicente de Paulo. Durante esse período, passou a se interessar pela especialidade oncológica e sentir que através dessa opção poderia ser um verdadeiro agente transformador da vida de seus pacientes.

Isso o levou para a próxima fase da sua jornada e, em 2011, ao lado de sua namorada, hoje esposa, Daniela Ramos Oliveira, Dr. Felipe mudou-se para São Paulo e ingressou na Residência de Oncologia Clínica do Hospital de Câncer de Barretos. “Essa oportunidade foi na verdade um privilégio. Ter atuado nessa instituição, uma das maiores em tratamentos oncológicos da América Latina, certamente me moldou para oferecer esse serviço diferenciado, com base no conhecimento e evidências científicas e ênfase na humanização da oncologia, e despertar ainda mais esse sentimento na minha vida profissional e consequentemente na pessoal”, afirma Thomé.

Esse período longe de casa também foi importante para consolidar a união do casal. Sua esposa, na época abriu mão do emprego como enfermeira no Hospital São Vicente de Paulo, para acompanhá-lo. Em Barretos ela trabalhou no mesmo hospital que o seu, no setor da oncologia pediátrica. “Para ambos, a experiência foi vivida com muita intensidade e fomos convidados a permanecer, porém o plano era construir nossa família e para isso queríamos estar mais perto de casa”.
Em 2014 retornaram, se casaram no ano seguinte e formaram uma família com a chegada do Vicente, de 5 anos e da Helena, de 3 anos.

Quando retornou à cidade onde se tornou médico, pôde contribuir e somar com a sua experiência na evolução do setor oncológico, agregando com o modelo de trabalho e a cultura que trouxe do Hospital de Barretos, onde havia permanecido nos últimos três anos e se tornado um Oncologista Humanizado.
Foi uma caminhada de muita dedicação para consolidar seu nome e sua carreira, mas afirma que hoje as pessoas o reconhecem, fruto do trabalho que realiza ao longo de sete anos.

Thomé acredita que a medicina vive fases e que ultimamente a oncologia vem crescendo. Para acompanhar tal fenômeno ele realiza atualizações constantes para oferecer o melhor tratamento e busca dar de si o melhor, honrando os valores dos pais, das instituições responsáveis pela sua formação, para fazer a diferença na vida das pessoas, nem sempre curando, mas promovendo alívio. “Entrego meu máximo para ser o melhor oncologista aos meus pacientes e viver dentro do consultório, em casa ou qualquer lugar, um dia de cada vez”- afirmou.

Porém, havia mais um passo nessa jornada que ele precisava cumprir. Ir em busca do seu sonho, priorizando sempre o paciente, para acolher e? proporcionar maior bem-estar em um ambiente que tivesse o seu jeito.

Então, em janeiro de 2021 ele inaugurou seu consultório próprio, assinando o local com seu nome, sua total entrega e dedicação no atendimento do paciente e da família.
O consultório contará ainda com um trabalho multiprofissional e completo, com atendimento nas áreas da psicologia, nutrição, fisioterapia, enfermagem, entre outras, através de pessoas de sua confiança e que atuam seguindo o mesmo modelo do médico oncologista clínico Dr. Felipe Thomé.


Galeria de fotos