Notícias

Pó de Rocha nas lavouras: quais os benefícios?
27/07/2018

Compartilhe:
Agricultura

O pó de rocha ou remineralizador, é um mineral natural composto por inúmeros nutrientes, como potássio, cálcio, magnésio, silício, entre outros. Seus principais benefícios são a neutralização da acidez do solo, controle do PH, sendo assim um condicionador nas lavouras, que além de melhorar a resistência das plantas, também garante maior produtividade e com mais rentabilidade.

Ele vem sendo utilizado há 12 safras em algumas cidades da região Centro-Oeste do Brasil, onde se iniciaram os primeiros estudos sobre sua aplicação e se alcançou resultados surpreendentes.

Na última safra de verão (2017), o Grupo Andreetta, empresa localizada nas cidades de Passo Fundo e Erechim, passou a comercializar o pó de rocha, o Reminera. Essa inovação e pioneirismo custou altos investimentos em estudos, análises e aquisição de maquinário.

No primeiro ano se aplicou pó de rocha em aproximadamente mil hectares de plantio, que rendeu aos agricultores que passaram pela experiência uma produção semelhante àquela dos últimos anos, sem o uso do pó de rocha, porém com um custo menor, sendo que o investimento renderá por mais três a quatro safras.

Conforme Adriano Nunes de Almeida, Mestrando em Ciências Ambientais, no Brasil existem estudos sobre o pó de rocha de mais de vinte anos atrás, porém o assunto só se desenvolveu com maior intensidade a partir do ano de 2013. Segundo ele a questão cultural ainda é o maior obstáculo: “O pó de rocha é um novo arranjo produtivo local, onde se produz regionalmente um fertilizante, que antes era preciso sem importado, como no caso dos adubos químicos, que tinha seu preço tabelado no valor do dólar, que gerava impostos e mão de obra principalmente em outros países, já que apenas 27% dos adubos químicos são nacionais, e agora temos a possibilidade de transformar o pó de rocha num facilitador sustentável e libertador” – explica.

O agricultor José Volnei Dalmaso, pela segunda safra fará o uso do pó de rocha em sua lavoura. Em 2017, ele utilizou o composto em 20 hectares, cerca de 10% da sua área de plantio e se surpreendeu com os resultados. “O pó de rocha é um aliado na diminuição dos custos pois sua aplicação pode render até 4 ou 5 anos, sua eficiência é normal e se torna sustentável porque é uma solução biologicamente natural e que pode ser produzida aqui, assim economizamos com fretes, entre outros” – comenta Dalmaso. O investimento no pó de rocha é maior na primeira aplicação, o que se torna rentável principalmente a longo prazo. José Volnei pretende fazer uso de pó de rocha em mais 40 ha na próxima safra, totalizando uma área de 60 hectares.

A Engenheira Agrônoma Renata Baldessarini, representante do produto Reminera para Passo Fundo e região assessora e acompanha a aplicação do pó de rocha nas lavouras desde o plantio até a colheita. Para ela o pó de rocha é a salvação das lavouras e agricultores, pois entrega uma produtividade tão bem quanto o químico, só que por um preço muito menor. Outro benefício que também chama muita a atenção é a qualidade da planta. Renata explica que se percebe uma melhor sanidade da planta, pela composição de silício que o pó de rocha possui. Ele atua na formação da parede celular da planta e permite que a mesma tenha mais resistência ao ataque de patógenos e insetos, necessitando apenas metade da aplicação de fungicidas e inseticidas que se costuma ser preciso.

Para o empresário Mauro Andretta, investidor e proprietário do Reminera, o pó de rocha é um novo marco na história da agricultura. Por acreditar no produto, a empresa que possuí jazidas em duas cidades do norte do estado, fez altos investimentos em estudos e testes, os quais concluíram que as rochas que estão localizadas nessa região, são certamente uma das melhores, em níveis de nutrientes, de todo o país. “Acreditamos que esse produto será um diminuidor do químico, não ocupando totalmente seu espaço, mas certamente reduzindo sua utilização, beneficiando o solo e o meio ambiente e sendo disponibilizado para os agricultores que tem uma visão diferente e inovadora do seu negócio. O Reminera é um aliado para uma maior produção, com margens de lucro que certamente fazem a diferença”- explica Mauro.

Nos próximos anos a empresa continuará realizando investimentos, para produzir cada vez mais pó de rocha, que certamente será uma tendência de mercado. Em sua segunda safra o Reminera já superou as vendas do ano passado, todos os clientes que utilizaram aumentaram a quantidade de áreas de aplicação do pó de rocha.